sábado, 31 de dezembro de 2011

O fim e o início

Já está. Chegámos ao fim deste ano. E que ano!
Eu não tenho por hábito fazer resoluções de ano novo, mas hoje sinto-me inclinada para isso.

Estamos a poucas horas do final de 2011 e, não sei porquê, tenho a cabeça a fervilhar de pensamentos. Parece que, sozinho, o meu cérebro decidiu fazer uma retrospectiva de tudo o que se passou durante estes últimos 12 meses, tanto de bom como de mau. E eu detesto essas coisas. Não costumo avaliar o que fiz no ano anterior, não costumo formular desejos para o ano seguinte. Não como as 12 passas, nem salto para cima de uma cadeira. No máximo dos máximos, sou capaz de vestir uma peça de roupa azul, mas isso às vezes não passa de mera coincidência e nem sequer acontece todos os anos.

Hoje penso no que fiz e no que deixei de fazer. Penso sobretudo no que quero que aconteça. Já disse que nunca fiz isto antes. A explicação talvez seja o facto de hoje, pela primeira vez desde que me conheço, estar longe do que é meu numa noite como a de hoje. É verdade o que dizem sobre darmos mais valor às coisas quando estamos longe delas...

Sobre 2011, tenho a dizer foi anormalmente esquisito. Comecei o ano a tomar medicamentos que achei nunca vir a precisar. Melhoraram a minha qualidade de vida, mas também me fizeram adiar planos... A nível profissional, não me faltaram projectos. Pelo contrário, difícil foi dar conta deles todos! Porém, a minha vontade de trabalhar e a energia que tanto me caracteriza desvaneceram-se até um ponto que nunca achei ser possível. Senti-me cansada, muito cansada. E triste. Vi familiares adoecerem e lutarem pela vida. Vi outros familiares debaterem-se com decisões importantes. Vi outros ainda cometerem erros que prejudicaram mais do que uma pessoa. E tudo isso se reflectiu em mim. Porque eles fazem parte de mim.

Mas também fui feliz. Tive o meu marido sempre a meu lado. Mesmo quando eu acordava feia, chorosa, abatida e sem vontade de ver ninguém. Mesmo quando eu chegava a casa uma pilha de nervos e me agarrava a ele a chorar sem lhe dar qualquer explicação. Mesmo quando ficava à espera que eu saísse do trabalho às 23h00 e tinha o jantar pronto para comermos juntos. Mesmo quando eu gritava e desesperava e atirava com tudo. Fez-me rir. Cantámos juntos. Dançámos. Sei que não fui a esposa perfeita, mas amo-o mais do que a vida. E eu sei que ele sabe. É por isso que tem umas costas tão largas para suportar tudo o que eu trouxe para a vida dele. E ninguém alguma vez o saberá fazer tão bem.

Para 2012, desejo sobretudo saúde. Para mim e para os meus. Porque ver a vida fugir-nos (ou a eles) debaixo dos pés é um pesadelo. Quero fazer deste novo ano um marco na minha vida, a vários níveis. Quero ser uma pessoa melhor. Quero estabilidade emocional. Saúde mental. Sossego e paz de alma. Quero ter a minha família e os meus amigos sempre por perto. Quero mostrar-lhes o quanto são importantes para mim.

Os meus principais objectivos para o novo ano são:
- Combater a "nuvem negra" e deixar de precisar dos mecanismos químicos para a manter afastada.
- Recuperar a força e energia que sempre tive e dar um novo fôlego ao(s) meus(s) trabalho(s).
- Organizar a minha vida, os meus horários e os meus inexistentes hábitos alimentares.
- Ser uma Madrinha ainda mais presente.
- Ser a esposa que o meu marido merece.
- Trazer um novo e tão ansiado membro para a família (acho que este é mesmo o meu desejo mais forte!).

Quero agradecer a todos os que por aqui passam e mostram vontade de partilhar comigo as minhas loucuras. Este blog tem sido, desde final de Agosto, um grande escape. Dou graças por me ter lembrado de o criar.
Agradeço também a todos aqueles cujos blogs sigo e que me fazem sentir como se os conhecesse pessoalmente. É como se eu me pudesse refugiar num mundo à parte e falar com pessoas que não estão aqui para me julgar (salvo um ou outro anónimo...).


Por último, desejo que o novo ano seja inesquecível para todos nós, repleto de sucessos e sonhos concretizados! Feliz Ano Novo, do fundo do coração!



13 comentários:

  1. FIZESTE-ME chorar agora :( tenho saudades tuas :( quero dizer vossas :(
    Acredita que todos os teus desejos se irão concretizar nesse novo ano que está tão próximo, porque mereces tudo de bom mesmo!

    Umas entradas muito felizes para ti e para o maridão e para os sogros, compadre, comadre, afilhado LOOL

    Um beijo enorme com muitas saudades mesmo :)

    P.S: como é que vai ser depois de 3 longos meses ver a casa dos segredos (numa noite tão importante) sem ti ? :(

    ResponderEliminar
  2. Que bonito.
    Faço votos para que concretizes os teus votos. Um abracinho de uma anónima que gosta de ti.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Minha querida Abelhinha: no need to cry! Estou quase aí... Espero ver-te no aeroporto na segunda-feira de manhã! :) E também estamos cheiinhos de saudades tuas e do meu maninho. :)
    Espero mesmo que os meus desejos se concretizem, pois alguns (pelo menos um) é comum à tua pessoa... LOL.
    Quanto à Casa dos Segredos (acabou de começar), como é possível não vermos a final juntas?! ;) Eu juro que me dá uma coisinha má se o João M. sai e beija a sonsa da Daniela P. Nunca mais olho para a cara dele! :D
    Eu mando as tuas "visitas" ao pessoal por aqui. :)
    Espero que vocês entrem de forma triunfal no novo ano e que 2012 seja verdadeiramente FANTÁSTICO! Beijão. Adoro-te.

    ResponderEliminar
  5. OLHA QUE SE ELE NÃO ESPETA UM BEIJO NA FANNY CHORO MAIS LOOOL.
    Na segunda de manha lá te espero :) beijo enorme*

    ResponderEliminar
  6. Corisca: que tenhas um ano novo FENOMENAL! Tudo de bom! Beijos

    ResponderEliminar
  7. Dreia, querida. Que tenhas um ano novo pelo menos tão fantástico como este que passou. Um grande beijinho e um aperto nas bochechas do teu Vasquinho! :)

    ResponderEliminar
  8. Querida Cláudia,

    Retribuo os teus votos! Que o teu baby continue a crescer saudável e lindo e que os papás tenham sempre muita saúde para o criar. Também gosto de ti! :)

    ResponderEliminar
  9. Minha querida AMIGA.Tou como a abelha: fiquei de lágrima no canto do olho. Ficamos tão lamechas nestes dias, não é? Mas (aproveitando a onde de lamechice), tenho saudadinhas tuas, e tenho a certeza que o teu desejo para 2012 (que só por acaso é igual ao meu:))), se VAI REALIZAR:).
    Conhecendo de perto os "problemas" que tiveste durante este ano, quero que saibas que sempre que quiseres um ombro para chorar (além do do maridão), o meu tá sempre cá para ti!! (E back to lamechice:) LOVE YOU, HONEY!!! Happy New year!!!
    NFG

    ResponderEliminar
  10. Minha querida AMIGA NFG:
    Tens sido um ombro óptimo para chorar; aquela que me diz, de dedo espetado e mão na anca, "Tens de abrandar!".
    Vou abrandar e tu agora em Janeiro também vais. Não te metas em mais nada! Sossega a passarinha! LOL. Para o ano nesta altura, se não estiverem ainda cá fora, os nossos pimpolhos deverão, obrigatoriamente, estar pelo menos fabricados! :D
    Love you too, darling. E estou quase aí para uma jantarada das nossas! ;)
    Beijão

    ResponderEliminar
  11. Minha querida AMIGA NFG:
    Tens sido um ombro óptimo para chorar; aquela que me diz, de dedo espetado e mão na anca, "Tens de abrandar!".
    Vou abrandar e tu agora em Janeiro também vais. Não te metas em mais nada! Sossega a passarinha! LOL. Para o ano nesta altura, se não estiverem ainda cá fora, os nossos pimpolhos deverão, obrigatoriamente, estar pelo menos fabricados! :D
    Love you too, darling. E estou quase aí para uma jantarada das nossas! ;)
    Beijão

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...