quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Conhecem?

A propósito de piadas porcas, lembrei-me disto:


Não aconselhável a menores de 18 anos.
"O Meu Pipi" é um diário de um jovem português, que, pela descrição pormenorizada e criativa das suas proezas sexuais, provoca a inveja nos homens e a curiosidade nas mulheres. N' "O Meu Pipi" encontramos sátiras ao estilo de autores portugueses como António Lobo Antunes e José Saramago, teorias absurdas sobre a homossexualidade dos animais, a heterossexualidade e a joanetofilia, tudo sempre explicado e desenvolvido num português sem mancha, merecedor da atenção de um Rodrigo de Sá Nogueira. Muitos falaram já sobre O Meu Pipi, como José Pacheco Pereira, no jornal Público: "Nenhuma história da obscenidade nacional (uma velha tradição portuguesa, de Bocage a Vilhena) pode prescindir d'O Meu Pipi." Ou Miguel Esteves Cardoso no seu site Pastilhas; "O Meu Pipi: O melhor blog! O melhor português! O melhor blog português!" Este livro é prefaciado pelo jornalista e cronista Carlos Quevedo.
Excerto
"What's in a name?", escreveu Shakespeare, provavelmente entre duas punhetas. E, realmente, a pergunta faz pensar. A designação é tudo. "Fazer amor" não é o mesmo que, digamos, "foder". Há nuances importantes que distinguem "dar uma trancada" de "saltar para a espinha", por exemplo. No entanto, todas as expressões designam a mesma acção. Ora, o que é certo é que a nossa disposição muda. Se me disserem "come-me a rata", a alma de camionista que em mim habita dá sinal à picha para que arrebite. Mas se me dizem "degusta-me o pipi", tal não sucede. Bom, pensando bem, até sucede. A mim, tudo me serve para arrebitar a picha. É um tema que retomarei, pois vale a pena pensar nisto."  
Retirado daqui.

É um bocado forte, eu sei. Mas tem passagens verdadeiramente HI-LA-RI-AN-TES!
Descobri-o por acaso, numa loja do aeroporto de Lisboa, quando fui comprar umas revistas para me fazerem companhia durante um voo LX-PDL, numa segunda-feira à noite, praticamente vazio (back in 2003).
Posso dizer-vos que, tendo tido o voo uma duração de 1h50min, deu-me tempo para lê-lo quase todo, pois não há como parar. Aposto que a hospedeira deve ter olhado de soslaio para mim a pensar por que raio é que eu teria tamanho sorriso nos lábios...

Anyway, para quem tiver curiosidade e não for especialmente sensível, deixo-vos o link do blog para darem uma espreitadela: http://omeupipi.blogspot.com/.
Outra alternativa é pedirem-me o livro emprestado. Tenho-o algures no meu quarto em casa dos meus pais.

Espero não ter ferido susceptibilidades... ;)

12 comentários:

  1. Epá agora fiquei altamente curiosa, vou ler! ih ih :)

    ResponderEliminar
  2. Bem, este bonequinho aqui do lado esquerdo é que me fez partir a rir xD

    ResponderEliminar
  3. Por acaso ja li o livro ha uns anos!!

    lembro-me que foi emprestado por uma amiga, e eu nao fazia ideia do conteudo...e de principio fiquei assim...chocada!!!
    hehehehhe

    Mas sim, soltei umas belas gargalhadas com esse livro!!

    ResponderEliminar
  4. Deve ser mesmo o meu "género" ih ih :), qt mais bobagem...melhor, é tão bom não pensar muito :)

    ResponderEliminar
  5. Estudante: o livro é, de facto, muuuuuito naughty! :)))

    ResponderEliminar
  6. Kristianna: Eu não me choco facilmente com linguagem menos própria (palavrões, como-os ao pequeno-almoço, lol). Mas admito que houve alturas em que até arregalei os olhos de tão descritivas que são as cenas! LOL

    ResponderEliminar
  7. Ai, Dreia: é bobagem atrás de bobagem! :) E acho que tu também gostas de uma boa dose de piadas porcas-badalhocas (como lhes costumas chamar), por isso, tenho a certeza que vais adorar! :D

    ResponderEliminar
  8. Sabes o que me alicia mais nestes livros? Nem é tanto a linguagem... mas é a forma de pensar masculina, tão simples e cómica...gotta love it!
    Acho que há um homem dentro de mim... já houve de facto um baby lá dentro, mas não é disto que estou a falar! :)

    ResponderEliminar
  9. LOL. Também costumo dizer que tenho a minha dose de testosterona aumentada em relação ao resto do mulherio. :)) Por isso às vezes dou por mim a pensar como um homem, ou seja, pouco. LOL

    ResponderEliminar
  10. Eu li e tenho o livro e adorei... também posso emprestar a quem estiver curiosa :)

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...