domingo, 26 de janeiro de 2014

Is Descómplicometro dead?

Este canto foi deixado ao abandono. Não tenho inspiração. Não sei sobre o que hei-de escrever. Acho que já nem sei escrever. Nos últimos meses deixei de ser a Carlinha para ser "a grávida". Estar prenha é o que me caracteriza...


Ainda comecei por tentar fazer disto um baby-blog, mas depressa me apercebi de que o único assunto que tinha eram os meus enjoos e ninguém merece ser submetido a esse sacrifício.

Aí há uns dias um amigo queixava-se do facto de o Descómplicometro estar desactualizado. Perante o argumento de que a gravidez me tinha deixado sem vontade de ler ou escrever (true!), outra amiga chamou-me à razão e referiu, com toda a razão, que quando estava grávida do seu menino passava os dias a escrever no seu blog. E eu sei disso, pois seguia-a religiosamente. :) 

A verdade é que eu penso da seguinte forma: se não tenho nada de interessante para dizer, o melhor é estar calada. Porque vir para aqui só dizer "Olá, estou viva!" ou pôr-me a criticar os posts dos outros é só fazer corpo presente. E eu não tenho feitio para isso.

Deixei de vir aqui, nunca mais liguei o Reader... Esta semana tive saudades e fui visitar os meus dois blogs de eleição. Mas nem comentários deixei, acho. Não sei se é da gravidez (sinto-me lenta e amorfa) ou por andar outra vez um bocado deprimida. :( Preciso contrariar a tendência, isso sim!
Tenho andado fechada em casa e com pouca vontade de estar/conversar com outras pessoas. Mas não posso continuar assim, sob pena de me tornar uma eremita barriguda. Segunda-feira inicio vida nova e aqui o coiso vai ser uma ferramenta importante na minha recuperação. :) 


2 comentários:

  1. Ó psiu, volta ao post do filme e clica no link que eu dou a papinha feita :p

    E mete-te fina, pá!

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...